quarta-feira, 18 de abril de 2018

Elogie quem você gosta

17:00 6 Comments
Oi galera, tudo bem?
Essa semana ta rolando a semana de palestras la no meu curso, aquela que eu ja contei pra vocês sobre em alguns outros posts, tem muita palestra boa e eu estou com a mente muito aberta, cheia de criatividade e visões diferentes. Uma dessas visões é a do elogio, todo mundo gosta de ser elogiado, se sente bem, porque nao dar essa sensaçao boa pra outras pessoas também?
Não estou dizendo pra você sair elogiando todo mundo que vê, mas sim, elogiar o que você realmente gosta. Dê valor para o trabalho de alguém, diga que gostou da roupa, que achou legal o texto que a pessoa escreveu, que admira o modo da pessoa fazer tal coisa, isso faz uma diferença e tanto na vida de todos. Seja pessoalmente ou virtualmente, gosta de um blog? Vai la e comenta o porque tu gosta do blog, o que te faz voltar la mas seja sincero, faz sem querer algo em troca.

Vou contar uma história que aconteceu comigo:

aqui em Porto alegre e acredito que em outros lugares deve ter também, todos os ônibus e trens possuem poemas colados nas janelas. E eu passo todos os dia lendo os poemas quando vou pro curso. Esses tempos vi um que me chamou muita atenção e eu gostei bastante, de verdade, o poema me fez pensar em muitas coisas e me fez lembrar alguns momentos, o poema se fez importante pra mim. E segunda feira, não me aguentei e fotografei o poema do ônibus, publiquei no instagram mas antes procurei o nome do autor na internet, achei o perfil dele e marquei ele na foto dando os devidos créditos ao moço. Ele como forma de carinho e agradecimento colocou o meu post no stories dele e eu falei o quanto eu amei o poema dele, falei o que senti lendo o poema dele e ele se sentiu muito grato, em poucas palavras eu valorizei todo o esforço dele. Enfim, sigo conversando com ele, hoje já curto a pagina no Facebook, conversamos por direct e até conheci diversos outros poemas dele, mas meu preferido segue sendo o da minhoca hhahaha
Foto que eu fiz dentro do ônibus


agradecimento do Leo via stories no Instagram




Conheçam o Léo:
Instagram: @poemasdoleo  
Facebook: @ospoemasdoleo


Gente, são pequenas atitudes que fazem a vida melhor, então se vocês gostam de algo em alguém, digam, procurem a pessoa e falem. mesmo que não conheça a pessoa, como eu não conhecia o moço do poema, vai atras da pessoa e diga o quanto tu admira ela.

Faz bem pra ela e muito mais pra ti.

Beijos , até mais.

terça-feira, 10 de abril de 2018

Todos em busca da criatividade triangular

14:54 8 Comments

Ser criativo todos nós somos, saber usar a criatividade que temos é o que buscamos aprender com o passar da vida. O que nos do medo e nos parece impossível é o que mais mexe com a nossa criatividade, vejamos, se estamos em um trabalho que todos os dias fazemos sempre a mesma coisa, sabemos que vamos ter o resultado esperado sem muita preocupação, agora se chegarmos nesse trabalho e nos pedirem pra fazer algo totalmente novo, diferente e que nunca fizemos, isso irá instigar nossa criatividade.

Moral da história: Não se acomode nunca. Busque sempre pelo diferente sem medo do difícil, nada é difícil pra quem tem controle da sua criatividade.

O que mais um triangulo pode ser além de um triangulo? Já parou para pensar no que um triangulo pode significar? E no que ele pode se transformar?
Aprendi uma vez em uma aula aleatória de criação que “o nada pode ser tudo “e que se olharmos para o símbolo mais simples que já conhecemos por alguns minutos podemos criar coisas incríveis e antes inimagináveis com ele.

Teste de criatividade:

  •        Pegue uma folha oficio ou do caderno mesmo
  •        Desenhe um triangulo de qualquer tamanho, onde você quiser na folha
  •        Olhe para esse triangulo por alguns segundos e comece a desenhar tudo em triângulos, faça o que você quiser, objeto, pessoa, animal, qualquer coisa, mas tudo deve ser em formato de triangulo, pode ter tamanhos variados mas não pode alterar a forma.

É bom provável que o primeiro desenho fique bem estranho ou seja algo sem sentido, algo simples que você nem queria desenhar mas era o mais fácil a fazer com um triangulo, mas a partir daí você começa a notar que pode fazer muito mais com esse triangulo e além de olhar, você começa a enxergar esse triangulo como uma forma de exercitar tua criatividade. Desse triangulo pode sair um logotipo de uma marca nova ou uma renovação de uma marca já existente, basta saber olhar e enxergar o triangulo. Após treinar alguns dias a criação através do triangulo, tente usar um círculo, retângulo e outros, essa é uma técnica simples, fácil e rápida de exercitar a mente, a criatividade e o olhar.

Super indico, não só pra quem deseja trabalhar na área da publicidade criando logotipos mas para todos, pois não vamos mais dizer que não somos criativos, todos nós temos a criatividade dentro de nós, basta exercitarmos a mente, explora-la e se expressar.

Aqui embaixo deixo o que surgiu na minha mente com três triângulos:


Criei um logotipo (bem simples, porque esse exercicio teve o tempo exato de dez minutos) para uma agencia de comunicaçao. Na minha cabeça essa agencia se chama Comunicup, Comunic de comunicaçao e UP de alto, em frente, pra cima, no simbolo visual eu usei os tres triangulos todos no mesmo formato mas em tamanho crescente mostrando o sentido de subida, indicando o up do nome da empresa, o up que a agencia quer proporcionar ao seu cliente.

Já conheciam essa técnica? O que acharam? Bora desenhar vários triângulos e me mandar por direct lá no insta ( @blog20primaveras)  eu quero ver essas mentes trabalhando.

Beijos, até mais.



segunda-feira, 2 de abril de 2018

Apresentação 10\10 – Agência Bahost

18:20 6 Comments




Geeeente, que feliz que eu estou, quarta pela manhã foi o dia da apresentação final da agencia lá no curso de publicidade, tivemos que apresentar a agencia para uma banca com três professores e vários alunos, alguns nossos colegas e outros que estão na primeira etapa do curso, que ano que vem terão que fazer a mesma apresentação.
Eu contei ano passado sobre a agencia, como tudo começou, o porquê e o significado do nome, se alguém aqui não leu o post ou não lembra, cliqueaqui, como disse no post do ano passado, eu participei de toda organização da agencia porém não pude estar presente na primeira apresentação da banca, então, logo eu estava ciente que eu devia uma apresentação perfeita pra minha equipe, para compensar a falta na apresentação passada. Montei um power point todo bonitinho, estudei bastante a minha parte da apresentação e comecei a sofrer uma semana antes da data marcada pela banca. Eu não sou daquelas que tem vergonha de falar em público mas como fazia muito tempo que eu não me apresentava para um grupo grande de pessoas que eu não conheço, fiquei com um certo medo.

Teve tremedeira? Teve sim
Teve dor de barriga? Teve sim
Teve sonhos aleatórios com a apresentação? É obvio que teve

Mas não podia voltar atrás, chegou o dia.  Acordei 5:30 da manhã, tomei um banho, coloquei meu uniforme da agencia, peguei meu café, o pendrive e fui. Chegando no curso, a professora decidiu fazer um sorteio para ordem de apresentação, eram 7 agencias a se apresentar, eu queria muito ser a primeira, para me livrar logo, mas no sorteio eu acabei sendo a terceira apresentação. Assisti as duas primeiras agencias tremendo muito e prestando muita atenção nos comentários dos professores após a apresentação, nesse momento eles não poupam exigências, cobram muita coisa mesmo, mas essas exigências por um lado são boas, conseguimos ver coisas que na hora de apresentar pra um cliente, não irá acontecer.

QUE VENHA A AGENCIA BAHOST, disse a professora de publicidade

Parecendo uma máquina de lavar centrifugando, lá fui eu com a equipe, abrimos nosso Power point e seja o que Deus quiser.
Comecei falando do processo de criação da marca e do nome da agencia, minha colega falou sobre quem somos, eu novamente falei sobre a filosofia de trabalho, um colega falou sobre o nome e o logotipo, um outro sobre a escolha das cores e tipologia e por fim eu falei sobre as flexões e aplicações do logotipo (farei um post falando sobre flexões e aplicações de logo mais pra frente) , me surpreendi, pois na minha vez de falar, o que eu tinha planejado dizer sobre a filosofia foi totalmente diferente do que eu disse, lembro que contei uma história e relacionei a nossa filosofia a um triangulo que consiste em: atenção, dedicação e responsabilidade.



 Me sai muito bem, afinal, todos nós improvisamos na hora h e ficou tudo perfeito. No fim do power point mostramos um vídeo que fizemos durante a primeira etapa mostrando um pouco a vida de um publicitário, algumas situações que passamos, e gente, foi a melhor coisa que fizemos porque ficou tão descontraído o clima que quando notei estávamos todos rindo juntos e o nervosismo já tinha ido embora a muito tempo.



Hora dos comentários da banca:
Professora de Publicidade: Parabéns, vocês estão preparados para o mercado de trabalho. Mostraram seriedade, descontração e responsabilidade.
Professor de Comunicação Visual:  Parabéns, parabéns. Não teve nenhum erro, está perfeito, parabéns.
Professora de Redação Publicitaria: Parabéns, o texto está escrito corretamente e muito bem organizado, é o tipo de texto que dá vontade de ler.

Galera, pensa na alegria, satisfação e sensação de dever cumprido quando ouvimos esses três comentários, fomos a única agencia a não ter nenhum erro, nada a mudar, tudo certinho. Por isso eu vou dar um conselho a vocês: Jamais desistam do que vocês desejam e façam sempre, SEMPRE, tudo com muito amor e dedicação, o resultado positivo sempre vem pra aqueles que se empenham e se esforçam.

O post de hoje foi só para registrar a minha felicidade de ter ultrapassado mais um obstáculo com muito sucesso, vou aproveitar p descanso de hoje que estou de folga para começar a acreditar no que os professores falaram porque ainda não caiu a ficha que a apresentação da Bahost foi 10\10.

sábado, 24 de março de 2018

Porque hoje bateu saudade da minha veinha 💙

19:34 0 Comments


Vó, tá me ouvindo? Eu sei que não vai me responder, mas eu acho que sim. A senhora sempre parou tudo que tava fazendo para me escutar.
Vim aqui dizer que você tá fazendo falta e tô com saudade! Por aqui eu até tenho outras pessoas que me amam muito, mas seu carinho era diferente. Era carinho de vó.
Queria te perguntar como estão as coisas aí em cima. Usando a mesma voz preocupada que a senhora falava quando me encontrava tristonho ou feliz demais. Queria ter tido mais tempo para poder retribuir tudo que fez por mim. Aceitaria começar te cobrindo quando te flagrasse cochilando no sofá frio; Ou quem sabe, no seu aniversário, te comprando um presente daqueles caros, que minha mãe jamais compraria para me forçar a dar valor ao dinheiro; também poderia ser assistindo seu desenho favorito concordando que era o melhor, mesmo sendo muito chato; poderia te abençoar de volta em todas as vezes que chegava ou saía ou ter apertado mais aqueles abraços. Desculpa. É que pensava que nunca seria o último.
Queria tanta coisa... a começar pela senhora de volta. Nem que fosse emprestada só no dia da minha formatura para eu te mostrar o canudo e dizer que consegui! Que conseguimos! Ou no batizado do meu primeiro filho. Queria ver seu olhinho fechado, rindo à toa, olhando e falando para os outros que aquele era seu bisneto. Queria dar mais um beijo - daqueles que estralam - na sua bochecha linda, fininha e enrugada. Queria. Queria tanto...
Mas, não posso. E, confesso que isso dói. Mas, logo lembro de tudo. Fecho os olhos - como estou fazendo agora - sorrio baixinho e volto a te perguntar:
“Vó, tá me ouvindo? Te amo, viu?”
Aí tudo passa.
E fico bem.